O ritmo da inovação e o número de recursos disponíveis para os profissionais de marketing hoje em dia são incríveis.

Milhares de empresas se utilizam de dezenas de categorias de marketing diferentes, incluindo marketing de mídias sociais, marketing de vídeo, mobile analytics entre outras. O interessante é que muitas destas categorias nem existiam a alguns anos atrás e outras já se foram.

Mas apenas uma categoria continua a persistir ao longo do tempo, o e-mail marketing. O motivo é simples, por dez anos seguidos, o e-mail é a categoria que gera o melhor ROI para os anunciantes.

Para cada real gasto, o e-mail marketing gera 38 reais no ROI aos anunciantes e é o mais amplo canal disponível. Apesar da abundância de ferramentas disponíveis para os anunciantes, o mail marketing é simplesmente a melhor opção para o crescimento dos negócios.

Neste post, vamos listar sete razões pelas quais o e-mail marketing é imprescindível na sua estratégia de marketing digital e porque os especialistas usam o e-mail marketing como uma tática básica em suas estratégias digitais.


7 motivos como o e-mail marketing pode ajudar seu negócio a crescer

Os anunciantes de hoje precisam fazer mais com menos. Eles precisam se conectar com seu público de forma altamente personalizada e se manter no orçamento planejado. Os anunciantes que conseguem se conectar com seus clientes potenciais e clientes atuais de uma forma altamente direcionada terão um ótimo ROI.

Nenhuma categoria de marketing tem a longevidade do e-mail marketing. Enquanto algumas tendências de marketing aparecem e somem, o E-mail continua sendo o canal mais poderoso disponível para o anunciante moderno.

Isto se deve basicamente porque:

 

Existem 3x mais contas de e-mail do que contas do Facebook e do Twitter combinadas

Com o Facebook com mais de 1 bilhão de usuários ativos e o Twitter com 255 milhões, é natural acreditar que as mídias sociais são a maneira mais eficaz de alcançar as massas.

Mas não é bem assim. Estes são números impressionantes, mas o que não é tão divulgado é a estatística sobre o uso de e-mail. O número total de contas de e-mail mundial foi de 3,9 bilhões em 2013 e deverá chegar a 4,9 bilhões até 2017, de acordo com a Radicati.

Embora isso possa parecer surpreendente, pense no seu próprio comportamento online. Quando você se inscreve em um site (como uma loja online), você deve inserir seu endereço de e-mail para criar uma conta. Você também precisa de um endereço de e-mail para criar uma conta no Facebook ou no Twitter. Além disso, o Facebook e o Twitter usam o e-mail para notificar os usuários das atividades, como quando alguém é marcado em uma foto por exemplo.

O e-mail é a moeda da web e qualquer pessoa que esteja online possui pelo menos um endereço de e-mail ativo. Então, quando se trata de conectar-se com seus clientes potenciais e clientes atuais, não existe um canal com um alcance maior que o e-mail.

 

O e-mail consegue entregar a sua mensagem

Se os anunciantes pudessem escolher entre adicionar um assinante à sua lista de e-mail ou ganhar um novo fã do Facebook, eles deveriam certamente escolher o assinante de e-mail, sempre.

Existem dois motivos principais do porque desta escolha:

Primeiro, 90% dos e-mails são entregues na caixa de entrada do destinatário, enquanto que apenas 2% de seus fãs do Facebook veem suas postagens no News Feed (a área de Publicações). Isso ocorre porque o Facebook limita o número de vezes que suas publicações aparecem no News Feed na tentativa de direcionar as empresas para suas opções publicitárias pagas.

Este é um grande problema quando se trata de divulgar suas mensagens.

No Facebook, se você publicar uma mensagem para os seus 10.000 fãs, apenas cerca de 200 deles terão a chance de vê-la em seu News Feed. Mas, se você enviar uma campanha de e-mail para 10.000 assinantes, pelo menos 9.000 deles receberiam a mensagem na caixa de entrada.

Isso significa que a sua mensagem é tem uma probabilidade 45 vezes maior de ser vista usando o e-mail do que o Facebook.

Em segundo lugar, seus assinantes de e-mail explicitamente optaram em querem receber suas mensagens quando se inscreveram na lista de e-mail. Existem posturas éticas sobre o SPAM. Por isso, se você está enviando algo é porque lhe deram permissão.

Agora pense nos anúncios no seu News Feed do Facebook. Você pediu que essas empresas lhe enviassem isso? Provavelmente não. É bem provável que você tenha feito uma pesquisa no Google ou tenha visitado o site deles. Isso é, sem dúvida nenhuma, muito pior do que se inscrever de forma proativa em um boletim de notícias por e-mail.

O e-mail é um canal de marketing comprovado para garantir que seu público receba sua mensagem.

O e-mail gera conversões

A maioria dos anunciantes acaba sendo motivado por temas ligados ao lazer e entretenimento para gerar conversões. Independente de se tratar de uma oportunidade de negócio, vendas ou adesão, o objetivo final para os anunciantes é sempre transformar clientes potenciais em clientes pagantes.

E quando se trata de conversões, não há um canal mais poderoso do que o e-mail.

Na verdade, a taxa média de cliques de uma campanha de e-mail fica em torno de 3% (do total de destinatários), enquanto a taxa média de cliques de um tweet é de 0,5%.

Isso significa que você tem 6 vezes mais probabilidade de conseguir que alguém clique em um link para o seu site via e-mail do que via Twitter. Conforme vimos, seus assinantes de e-mail disseram que queriam ouvir você. Isso não é o caso nas mídias sociais. 4,24% dos usuários que vem via e-mail marketing compram algo em comparação com 2,49% dos visitantes dos mecanismos de buscas e 0,59% das mídias sociais, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Monetate.

O e-mail marketing supera todos os outros canais de comunicação para empresas.

 

O e-mail marketing tem um melhor ROI

Dada a capacidade incomparável do e-mail para gerar conversões, é natural que o e-mail também seja o canal de marketing mais eficaz para gerar ROI. O e-mail marketing produz um retorno médio de 3.800% sobre o investimento para empresas. Portanto, para cada 1 real gasto com e-mail marketing, o retorno médio de investimento é de 38 reais.

O e-mail é o canal de melhor custo benefício para os anunciantes.
Mas por que o e-mail marketing supera os outros canais de forma tão significativa quando se trata de ROI?

Resume-se a entregar mensagens altamente personalizadas e relevantes. Ao contrário das redes sociais onde você envia atualizações de status para cada seguidor, independentemente de sua localização, interesses ou histórico de compras. O e-mail permite que você seja hiper direcionado com suas comunicações.

 

O e-mail ainda é o canal de comunicação preferido

Para muitos, as redes sociais são uma forma muito pessoal de comunicação usada para manter-se atualizado sobre os amigos e familiares. Quando as pessoas entram em suas contas nas redes sociais, eles estão lá para ver fotos e notícias das pessoas que eles conhecem e querem se manter em contato.

O e-mail, pelo contrário, é um meio mais formal e as pessoas estão acostumadas a receber informações sobre produtos e serviços através desse canal.

Estudos mostram que 72% das pessoas preferem receber conteúdo promocional por e-mail. Enquanto 17% preferem receber via mídias sociais.

 

O e-mail é uma plataforma aberta

Ao longo dos últimos anos, muitas empresas investiram milhões na compra de grandes seguidores sociais para poder se comunicar e se envolver mais com seu público-alvo.

O Facebook atualiza com certa frequência o seu algoritmo para reduzir a quantidade de seguidores que receberão a publicação de uma empresa, a menos que essas publicações sejam publicidades pagas. Isso se tornou tão problemático que 98% dos seguidores da uma empresa nunca verão as postagens em seus feeds de notícias. O Twitter parece estar indo em uma direção semelhante com relação os anúncios e também irá introduzir um feed controlado por algoritmo.

O problema com os canais como Facebook e Twitter é que eles são de propriedade e controlados por terceiros e os anunciantes estão à mercê das mudanças que eles fazem na sua plataforma.

A plataforma de e-mail, por outro lado, não é de propriedade nem é controlada por nenhuma empresa particular. É uma plataforma de comunicação aberta e há uma infinidade de serviços que fornecem acesso para enviar e receber e-mails.

A diversidade de empresas envolvidas com o e-mail garante que nenhuma parte vai fazer mudanças que terão um efeito generalizado. Ao contrário do Facebook e Twitter. Portanto, se você investir tempo e dinheiro na construção de uma boa lista de e-mails poderá tirar proveito disso sem a ameaça de empresas terceiras.

O e-mail será para sempre

A plataforma de e-mail tem uma longa história de estabilidade. A primeira campanha de e-mail promocional foi enviada em 1978 para um total de 400 pessoas, e o e-mail cresceu consistentemente desde então. O próprio espaço de escrita no e-mail evoluiu a partir do momento que novas ferramentas permitiram ao anunciante criar e enviar e-mails de campanhas mais elaborados envolvendo não apenas texto mas imagens incorporando a identidade visual do anunciante.

Criar uma lista de e-mails, ao contrário da construção de uma mídia social, é um investimento estável mesmo a longo prazo.

 


Conclusão

O investimento em e-mail marketing é o que fornece o melhor custo benefício entre todos os canais disponíveis. Alinhada a uma alta taxa de entrega de mensagem, maior taxa de conversão e melhor ROI o e-mail marketing está sem dúvida alguma entre as opções principais de marketing digital para dos especialistas.

A HR Design tem uma ampla experiência com e-mail marketing e fornece este serviço aos seus clientes a mais de 10 anos. Venha conversar com a gente sobre as suas necessidades de marketing digital.

 

 

Categorias: Marketing Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *