O Marketing e Branding de um Escritórios de Advocacia apresentam alguns desafios únicos atualmente.
Enquanto algumas empresas e indivíduos podem manter um escritório de advocacia particular, a maioria das pessoas só contrata um advogado quando realmente necessita de um. Isso geralmente ocorre quando estão com problemas. Portanto, algumas das regras mais comuns de branding não se aplicam aos escritórios de advocacia.

As empresas jurídica devem transmitir rapidamente as principais qualidades que os seus potenciais clientes desejam ver. E, ao mesmo tempo, devem ter uma estratégia de se tornarem únicas e diferentes dos seus concorrentes.
Esse é o verdadeiro desafio.


Escolhendo o logo ideal para o seu Escritório de Advocacia

O primeiro passo do processo de branding de uma empresa jurídica é escolher um logo memorável. O que torna o processo complicado é que, no caso de uma empresa normal, uma pessoa faz contato com uma marca no mínimo 10 vezes antes de realizar uma compra. Entretanto, com um escritório de advocacia as pessoas tendem a entrar em contato quando estão em situação extrema. Isso significa que você tem que fazer uma excelente primeira impressão.

Expectativas do mercado

Em primeiro lugar, o logo deve transmitir o que você faz. Muitos escritórios de advocacia usam ícones tradicionais como o martelo ou a balança da justiça para indicar o segmento que o escritório atua. Essas imagens são importantes porque em geral os nomes da maioria dos escritórios de advocacia não remetem de imediato ao segmento de advocacia.

O logo também deve projetar os principais valores que você deseja que os seus clientes conheçam. E, principalmente, os clientes devem sentir que podem confiar em você. Muitas vezes, escritórios de advocacia escolhem cores e tipografia conservadoras para indicar sua estabilidade e confiabilidade.

 

 

Como tornar seu logo único

O próximo desafio é tornar o logo único. Pode-se usar imagens e cores semelhantes ao dos concorrentes, mas você deve encontrar maneiras de fazer isso de uma forma diferenciada. Tenha em mente que um designer de logo profissional pode utilizar qualquer imagem e torná-la única e especial. O fato de usar um martelo no seu logo não significa que ele tenha que se parecer com um martelo comum. O desafio do designer é encontrar uma combinação de imagens, tipografia e cores que fazem o escritório se destacar e não tornar o logo um clichê.

Análise de um logo

Para exemplificar, vejamos um logo que desenvolvemos para um escritório de advocacia.

 

Como você pode ver, este logo utiliza a balança da justiça para representar a profissão legal. No entanto, ele faz isso com um toque especial. Observe que o desenho da balança da justiça tem linhas únicas e diferenciadas. Este logo é interessante porque combina elementos tradicionais e modernos. O desenho dos quatro quadrados centrais dão a ideia de união e o contraponto das cores simbolizam a dualidade das partes opostas em disputa nos processos jurídicos.

É sutil, mas a ideia transmitida é que esta é uma empresa que entende as tradições do direito, mas também possui ideias modernas. A paleta de cores utiliza o azul e o dourado. O azul em geral simboliza a confiança, lealdade e sabedoria e o dourado simboliza vigor, inteligência superior e prosperidade. Isso implica que os potenciais clientes podem contar com esta empresa para representá-los com força e vigorosamente. A combinação das cores e do desenho transmitem os valores do escritório criando assim uma marca consistente.


 

Desenvolvendo uma marca consistente

O logo é importante, mas é apenas o primeiro elemento da marca a considerar. Para atrair clientes, uma empresa legal deve criar uma marca consistente e convincente.

Encontrando a voz da sua marca

Qual a voz que a sua marca deve ter em seu conteúdo de marketing? O desafio para as empresas jurídicas é encontrar um equilíbrio entre demonstrar seus conhecimentos e habilidades legais e ao mesmo tempo se conectar com pessoas que não tem muito conhecimento das leis.

Um escritório de advocacia focados em pessoas jurídicas devem fugir do uso do jargão legal em seu branding. Já um escritório que representa pessoas físicas provavelmente deveria adotar uma abordagem mais informal. Você deve ter sempre em mente o seu público alvo. Um escritório especializado em questões ligadas a vara de família deve usar uma abordagem de branding diferente de um escritório especializado em advocacia criminal.

Posicionando sua empresa

O próximo passo é esculpir um nicho no mercado para que você possa se destacar da concorrência. Você pode estar competindo com dezenas de outros escritórios que oferecem serviços similares. Seu desafio é diferenciar sua empresa para que as pessoas que mais se beneficiem do seu trabalho possam encontrá-lo facilmente.

Por exemplo, muitos escritórios se especializam em separação de casais. Uma pessoa que passa por um divórcio envolvendo um alto patrimônio precisaria de uma representação diferente de alguém que lida com um cônjuge abusivo.
Seu escritório deve ser melhor em algumas áreas do que outras. A chave para o melhor posicionamento é identificar essas áreas e capitalizar sobre elas.

Desenvolver uma estratégia de branding

Finalmente, você precisa desenvolver uma estratégia de branding. Em quais canais de marketing você vai vincular a sua empresa? Quais táticas você vai usar para atrair novos clientes? A estratégia que você adotar deverá ser desenvolvida com base em seu público alvo e onde é mais provável que ele esteja.
Uma empresa especializada em direito tributário corporativo pode escolher o LinkedIn como sua principal plataforma de mídia social. Isso faz sentido uma vez que o LinkedIn tem uma forte ligação com o ambiente corporativo.

Em contrapartida, uma empresa especializada em direito ligado ao entretenimento pode usar o Facebook ou o Twitter para alcançar potenciais clientes. Ela poderiam direcionar o marketing com foco em pessoas com interesse nas artes e atrair clientes potenciais com conteúdo convincente abordando questões legais relevantes. A estratégia que for escolhida deve falar diretamente com o público-alvo. Assim atrairá novos clientes de uma forma regular.

 

 


Ideias de Marketing de Conteúdo para ajudar a aumentar seu negócio jurídico

Agora vamos falar sobre algumas ideias de Marketing de Conteúdo que podem ser usadas para expandir seus negócios legais. O conteúdo que você compartilha deve demonstrar sua experiência jurídica e ser relevante para o seu público-alvo.

Usando um blog para direcionar tráfego para o seu website

Manter um site de notícias ou um blog é algo que todo escritório de advocacia deveria fazer. É uma oportunidade de demonstrar seus conhecimentos legais e fornecer um conteúdo útil para os clientes atuais e potenciais. Um blog é também uma boa maneira de apresentar os advogados do seu escritório. Você também pode usá-lo para abordar questões legais nas notícias, oferecer explicações gerais que possam ajudar os visitantes do seu website a decidir se sua empresa pode ajudá-los e até mesmo oferecer estudos de caso como forma de demonstrar suas habilidades.

Escolhendo as postagens das mídias sociais

Se sua empresa tem foco em pessoas físicas então você precisa usar as mídias sociais para se conectar com potenciais clientes. O marketing em redes sociais também pode ajudá-lo a manter contato com clientes antigos ​​e ter o nome do seu escritório sempre ativos na memória. Uma das melhores maneiras de usar as mídias sociais é criar publicações úteis e, em seguida, impulsioná-las. É uma maneira rápida de expandir o alcance. As melhores postagens para impulsionar são aquelas que atraem muito tráfego orgânico para o seu website. Se você compartilha uma postagem no seu blog sobre impostos, por exemplo, e recebe muita atenção. Ótimo! Esse é um bom sinal de que impulsionar este post pode valer a pena.

E-mail marketing

O investimento em e-mail marketing é o que fornece o melhor custo benefício entre todos os canais de marketing disponíveis. Alinhada a uma alta taxa de entrega de mensagem, maior taxa de conversão e melhor ROI o e-mail marketing está entre as opções principais de marketing digital para os especialistas. Manter uma lista de e-mail marketing atualizada disponibilizando regularmente conteúdo relevante para seus clientes e pessoas interessadas neste tipo de conteúdo ajuda muito a impulsionar a visibilidade digital.


Conclusão

O Marketing e Branding de um Escritório de Advocacia apresenta alguns desafios especiais, mas nada que seja intransponível. Usar as dicas descritas acima pode ajudá-lo a escolher o logotipo certo, criar uma marca memorável e envolver seu público-alvo para ajudar a desenvolver sua empresa.
A HR Design tem uma longa experiência com escritórios de advocacia dando suporte nas questões de Branding e Marketing.
Venha tomar um café conosco e discutir as suas necessidades.

 

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *