Uma das coisas mais desafiadoras sobre como projetar logos é evitar clichês.

Hoje em dia, existem centenas de empresas competindo pela mesma atenção. Qualquer imagem que passar pela sua memória já foi usada pelo menos mais de uma vez. Isso significa que os designers estão constantemente tendo que redefinir imagens para fazê-las memoráveis ​​e originais.

Como proprietário de uma empresa, o seu trabalho é colaborar com o designer para chegar a um logo que represente a sua empresa bem e, ao mesmo tempo, fazê-la se destacar da concorrência.

Tendo isso em mente, vamos falar sobre como podemos evitar clichês ao escolher um logo para uma empresa.

 

Considerações sobre o logo

Vamos começar falando sobre as características principais do logo. Isso demonstra porque é importante evitar clichês.

Representar a empresa

O primeiro objetivo de um logo é dar às pessoas que o observam uma ideia clara do que a empresa faz. Isso significa que você deve, até certo ponto, aderir aos padrões de mercado. Há um motivo pelo qual as empresas de paisagismo usam plantas em seus logos, enquanto empresas vestuário usam roupas. Essas imagens são simples e eficazes, e elas comunicam claramente as áreas de negócio em que essas empresas atuam.

Posicionar a empresa

A próxima característica que o logo deve ter é posicionar a empresa para que seu público-alvo possa encontrá-la.
Isso significa que você deve passar do geral para o específico. A balança da justiça pode representar qualquer escritório de advocacia, mas as balanças da justiça que ilustram um homem e uma mulher de costas um para o outro claramente representam um escritório especializada em divórcio.

Você deve trabalhar com seu designer para determinar quais imagens e iconografia melhor representam os produtos ou serviços específicos que sua empresa comercializa.

Se destacar da concorrência

Finalmente, o logo deve diferenciar a empresa de seus concorrentes. Um fornecedor que se especializa em casamentos pode ter cinco concorrentes. Se todos os logos apresentam a imagem idêntica de uma noiva e noivo, os potenciais clientes não irão ver nenhuma empresa se destacando das demais.

A escolha correta do seu logo pode dizer muito ao seu público sobre o que você faz. Usando o exemplo acima, um florista especializado em arranjos tradicionais pode usar rosas vermelhas em seu logo. Em contraste, um florista que cria arranjos modernos pode representá-los com um arranjo ousado e cores surpreendentes.

Seja qual for o seu ramo de atuação o logo que você escolher deve atingir um equilíbrio entre atingir as expectativas das pessoas e surpreender.
Essa é a chave para um branding eficaz.

 

Os clichês mais comuns

Existem três áreas básicas onde os logos podem correr o risco de se tornar um clichê. Vejamos cada uma delas para que você possa identificar os clichês.

Clichê de Imagens e Ícones

A primeira área onde logos pode ter problemas é na escolha de imagens. Imagens e ícones são partes importantes do design do logo, mas eles podem facilmente tornar seu logo banal se não tomar cuidado.

Considere a segmento de comércio exterior. Podemos dizer que a maioria das empresas neste segmento usa imagem de globo terrestre em seus logos. Quando você considera quantas empresas de comércio exterior existem, não surpreende que alguns desses logos sejam clichês e sem destaque algum.

Isso significa que você não pode usar imagens comuns associadas à sua empresa? Claro que não.
O que significa é que você deve encontrar uma maneira original de utilizá-las.

Clichê na escolhas de Cor

A próxima área de risco envolve as cores do logo. Aqui, pode ser muito difícil evitar escolhas de cores que não são sejam as esperadas.

Talvez o exemplo mais comum seja a cor azul. É de longe a cor mais comumente escolhida para logos. Representa confiança, conservadorismo e serenidade. Se você olhar no nosso portfólio, você vai notar muitos logos que apresentam a cor azul.

Novamente, isso não significa que você não pode usar a cor azul. Significa apenas que você não deve usá-lo da mesma forma que todo mundo utiliza.

Clichê na tipografia

A área final de consideração é a tipografia que deve ser utilizada para o logo. Existem milhares de fontes disponíveis, mas muitas empresas tendem a gravitar em direção a fontes que parecem semelhantes, ou mesmo idênticas, de outras empresas do mesmo segmento.

É muito comum para uma empresa hoje escolher fontes Sans Serif. Elas são limpas, modernas e são fáceis de ler em uma tela de computador. Faz sentido usá-los.
No entanto, você não deseja que as fontes que você selecionou sejam as mesmas de todo mundo, certo? Elas podem ser limpas, mas não maçante. Você pode ser único sem necessariamente ir ao extremo. Na verdade, seu objetivo é fazer exatamente isso.

 

Há três respostas para uma peça de design: sim, não e ÚAU!

ÚAU deve ser seu objetivo.

– Milton Glaser

 

Dicas para tornar seu logo único

O desafio é claro. Seu logo, seja qual for, deve atender às expectativas dos consumidores para sua área de atuação, e ainda conter um elemento surpresa. Você precisa de ícones familiares que são pouco conhecidos. O mesmo vale para as suas escolhas de cor e tipografia.

Não há dúvida de que é um desafio, mas aqui estão algumas sugestões de como evitar clichês e escolher um logo verdadeiramente único.

Alterando um clichê

A primeira opção é pegar um clichê e modificá-lo para torná-lo único. Você pode usar uma imagem familiar por exemplo, e encontrar uma maneira de torná-lo original.

Vamos continuar no segmento de comércio exterior e ver um exemplo do nosso portfólio. Criamos este logo para uma empresa do segmento de comércio exterior. Usamos o globo terrestre, mas veja o que fizemos com ele:

Import Export Link

Este logo fala diretamente da proposta de valor e qualidades únicas da empresa em questão e também representa claramente o seu segmento.

Tenha em mente que você pode usar essa mesma ideia para qualquer elemento do logo. A maioria das empresas deste segmento utiliza a cor azul marinho em seus logos. A escolha da cor bordô colabora para criar um logo único e memorável.

Combinando Imagens

A próxima sugestão é combinar ideias para criar algo memorável. Você não deve se manter rígido as regras ao criar um logo.
Aqui está outro exemplo do nosso portfólio.

FonoAprendizagem

Este logo desenvolvemos para uma clínica fonoaudiológica. O que o torna esse logo interessante é a combinação da imagem do lápis com a imagem estilizada de um cérebro formando uma nova imagem que remonta a ideia de aprendizagem.

Você pode utilizar imagens existentes, ou cores, ou até mesmo uma tipografia padrão e combiná-las de maneira nova e surpreendente para chegar a algo novo.

Enfatizando os diferenciais da empresa

Nossa sugestão final para fazer o seu logo especial e memorável é focar atentamente sobre o que torna sua empresa única. Seja o que for que você faça, você faz isso de uma maneira que ninguém mais faz. Deixe que isso seja a inspiração.

Aqui novamente, vamos olhar para um exemplo. Este logo é um que nós projetamos para uma empresa de doces.

Papa Fina Doces

O logo apresenta uma fatia de bolo, que é definitivamente um ícone padrão para o setor. No entanto, a frase “Arte em Doces” juntamente com um design mais solto e despojado diferencia essa empresa no segmento que atua.

 

Conclusão

Como você pode ver, a proposição de valor e as habilidades únicas de sua empresa podem ajudá-lo a aprimorar um logo que atenda às expectativas dos seus clientes sem se transformar em um clichê.

Na HR Design nós Incentivamos nossos clientes a sempre trabalhar conosco para destacar suas habilidades e diferenciais de forma a atrair novos negócios e ainda manter os valores e visões das suas empresas.

 

 

Categorias: Logos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *